Audição Infantil Mapeamento de Fala

Mapeamento de Fala em Crianças, isso é possível?

Avatar
Escrito por Luciana Garolla

Mapeamento de Fala em Crianças, isso é possível?

Sim! E  sem ele não há como garantir que os aparelhos auditivos do seu filho  estejam amplificando os sons de fala de maneira audível para que ele possa desenvolver fala e linguagem.

O Mapeamento de Fala é o registro por frequência da fala amplificada pelo aparelho auditivo captado diretamente na orelha de quem usa aparelhos auditivos.  Por meio dele  é possível observar se  a fala está ou não sendo amplificada  em todas as frequências, de acordo com a perda de audição.  Se o mapeamento mostrar que a fala não está sendo amplificada adequadamente, então ajustes serão realizados  apenas nas frequências que necessitam de mais ganho para tornar a fala audível, com muito mais precisão.

Em adultos o  Mapeamento de Fala é feito colocando-se uma micro-sonda (que é um tubinho plástico bem fininho) na orelha junto com o aparelho auditivo.  A pessoa então ouvirá uma gravação (de fala)  e terá a amplificação  fornecida para a fala captada diretamente na orelha.

Em crianças nem sempre é possível a inserção do tubo-sonda na orelhinha, então esse procedimento é realizado por meio de uma medida auxiliar chamada RECD. Neste procedimento, ao invés da inserção direta do microfone-sonda na orelha da criança, a resposta do aparelho auditivo é prevista a partir de medidas no acoplador de 2cc, o que permite a realização dessa avaliação até mesmo sem a presença da criança.

Os ajustes da prótese auditiva são realizados com a mesma precisão de como se tivessem sido feitos na orelha da criança, e informa ao clínico de maneira precisa, se a amplificação fornecida à criança está proporcionando audibilidade a todos os sons da fala e assim facilitar seu desenvolvimento auditivo.

Esta avaliação pode (e deve) ser feita em qualquer idade, a partir do primeiro mês de vida da criança – se o diagnóstico da perda de audição já estiver confirmado nesse momento. Ou seja, se houve a indicação para uso de aparelhos auditivos, então o Mapeamento de fala deve ser feito para garantir que a criança  receba amplificação adequada  para os sons da fala.

O Mapeamento de Fala deve ser realizado periodicamente a cada nova audiometria ou mudança nos limiares auditivos. Em bebês, devido ao crescimento rápido da orelha, o ideal é que seja realizado de três em três meses, a cada troca de moldes ou realização de novos exames audiológicos (eletrofisiológicos ou comportamentais). Este é um procedimento recomendado por órgãos nacionais e intenacionais para a correta avaliação da amplificação forncecida pelos aparelhos auditivos às crianças, sendo também exigida pela Portaria Nacional da Saúde Auditiva, responsável pela doação de aparelhos via SUS.

Portanto, se seu filho usa aparelhos auditivos e não realizou o mapeamento de fala através da medida RECD, não há como prever se ele está realmente ouvindo todos os sons de fala nos níveis ideais para a sua perda de audição. Fale com o fonoaudiólogo responsável pelos aparelhos auditivos de seu filho o mais rápido possível e solicite esta avaliação. Ele tem esse direito!!

Deixe um Comentário